Projetos

Comparte & Educação

Na área da Educação, convidamos os jovens a partilhar as suas experiências e ideias sobre o que funciona e o que pode ser transformado na escola. Neste processo, os alunos reúnem diretamente com os decisores a diferentes níveis e o seu envolvimento é reconhecido como parte importante na construção de um sistema de educação a funcionar no seu melhor.

Piloto
A atividade do ComParte começou com uma fase piloto no sistema educativo, no ano letivo 2014/2015. A fase piloto desenvolveu-se a nível regional, no distrito de Lisboa, testando a recetividade, potencialidade e pontos de necessária transformação da metodologia, a fim de preparar o caminho para a sua implementação numa escala nacional. Envolveu o desenvolvimento de sessões com os alunos em 7 escolas para ouvir a sua experiência acerca do que funciona e do que pode ser transformado na escola. Posteriormente foram realizados encontros entre alunos e direções das suas escolas, onde os Prós partilharam a sua experiência em relação a temas com impacto no seu desempenho escolar, apresentando ideias e sugestões de melhoria à direção das suas escolas. O impacto destes projetos foi relatado por Prós e professores em reuniões de feedback.

Micro-projetos: A experiência de alunos imigrantes e de alunos em risco de exclusão escolar
No ano letivo 2015/2016, o ComParte procurou aprofundar o conhecimento da experiência de grupos de alunos que enfrentam desafios escolares. Assim, a metodologia foi implementada com um grupo de alunos imigrantes da Escola Gama Barros e com turmas de alunos repetentes da Escola Pedro Alexandrino. Estes Prós revelaram aspetos muito importantes e que não tinham sido tão emergentes nas sessões do piloto e partilharam-nas diretamente com a direção das suas escolas.

Roteiro Cidadania em Portugal
Ao longo do ano letivo de 2016/2017 a equipa do ComParte, enquadrada no Roteiro Cidadania em Portugal, foi ao encontro de Prós da Educação de 50 escolas de todo país, para a ouvir as suas experiências e recomendações. Neste projeto participaram 2643 Prós da Educação. O percurso envolveu 20 viagens, 20600 Km’s, 50 Concelhos e a recolha de informação importante para o sistema da educação, através de muitos sotaques! No final deste projeto, 10 Prós partilharam os principais temas com o Secretário de Estado da Educação, João Costa, e com a Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, Catarina Marcelino. O impacto deste projeto foi comentado pelo SEE, na Conferência “Eu quero ouvir os Prós da Educação”.

Conferência “Eu quero ouvir os Prós da Educação”
Foi realizada no dia 16 de abril de 2018 e contou com 100 participantes que tiveram a oportunidade de assistir à apresentação pública do caderno “Os Prós da Educação Inspiram”, deixando-se inspirar pelo conhecimento e ideias dos Prós da Educação e pelo feedback do Secretário de Estado da Educação sobre o impacto das recomendações que recebeu dos Prós!

Professores, precisamos de nos conhecer
Este projeto foi iniciado em 2018, como resposta ao convite lançado pelo Secretário de Estado da Educação de contar com os Prós da Educação e o ComParte para o potenciar a implementação do “Perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória”. Focado nas dinâmicas relacionais professor-aluno, este projeto está a desenvolver, em escolas de diversas regiões do país e com o apoio dos respetivos municípios, sessões e grupos de trabalho com os Prós e a comunidade escolar, que visam a implementação de ações locais, com potencial de escalabilidade para o contexto nacional e internacional.

The Future of Education and skills 2030 – OCDE
Nestas reuniões, em que são discutidas questões relativas ao futuro da educação e se desenham linhas orientadoras para disseminar por todos os países, vem sendo cada vez mais reconhecido o importante papel dos alunos, na co-construção do conhecimento e recomendações. O ComParte, a convite do Secretário de Estado da Educação, marcou presença, com a participação de dois Prós, em dois encontros, em outubro de 2017 e maio de 2018, em Paris.


“Quando cheguei aqui pensei que não tinha nada para dizer sobre a educação, mas ao longo do dia descobri que temos muitas ideias.” -Pró


“Os alunos são os melhores professores de um professor.” -Decisora


“A minha vontade de estar envolvida no funcionamento da escola aumentou muito e em mim mesma houve uma grande mudança, principalmente na forma de me expressar. Agora sinto que faço parte da escola e sinto que faço a diferença.” -Pró


“Este projeto permitiu, de uma forma salutar e descontraída, expor as ideias dos alunos” -Decisora

Comparte & Integração

No ComParte & Integração contamos com a experiência, vivência e conhecimento daqueles que encontram refúgio em Portugal. Convidamos os Prós da Integração a refletir sobre o acolhimento e integração na sociedade portuguesa e contribuir para o seu contínuo desenvolvimento com proposta de ideias a entidades decisoras.

Projetos

Escolas Integração

Fomos aprender com a experiência dos Prós da Integração nas Escolas da Bobadela e das Olaias, no ano letivo 2014/2015. Nas sessões, conhecemos a experiência de integração de 55 jovens migrantes e refugiados. Depois de analisarmos a informação recolhida, os Prós partilharam com as direções das suas Escolas aspetos facilitadores e os desafios sentidos por todos, trazendo ideias para melhorar a integração de todos na Escola e em Portugal.

Mapeamento Local

Desde 2015 temos vindo a fazer sessões com Prós da Integração, que partilham com a equipa do ComParte os aspetos mais positivos e aqueles que necessitam ser transformados na integração em Portugal. A maioria dos Prós estão a residir na grande Lisboa, ainda que alguns Prós que se encontram a residir no Porto também tenham participado. Até à data, recolhemos a experiência de 80 refugiados e requerentes de asilo e, no âmbito deste projeto, já foram realizados encontros entre Prós da Integração e a direção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, com o Alto Comissário para as Migrações e a Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade e com a Câmara Municipal de Lisboa.


“Com o ComParte descobri o afeto Português e constatei a alegria da nova vida que estou a construir em Portugal. Obrigada por tudo.” -Pró (Costa do Marfim)


“Foi francamente estimulante e inovadora a forma como geriram este encontro, o que o tornou muito produtivo e enriquecedor. Agradeço esta oportunidade e teremos certamente mais formas de desenvolver a nossa cooperação no futuro.” -Decisora


“O mais importante é facilitar a vida dos refugiados novos pela forma menos formal… sem fronteiras.” -Pró (Palestina)